A tristeza que se produz...


Talvez hoje você já tenha dito ou imaginado que o seu dia será mais um dia daqueles “um dia comum, indiferente, indigesto”.

A ciência visa nos explicar que esse modelo de pensamento humano é possível dada produção excessiva de uma reação química produzida pelo corpo chamada “cortisol”, que é uma espécie de hormônio da tristeza, ligado ao hipotálamo, qual faz parte do cérebro.

Nos planos do criador a tristeza não persistirá no tempo. Há sempre esperança de um viver envolvido em mansidão e felicidade.

Ao se expor a tristeza sua vitalidade enfraquece. Daí, por diante, você se torna cumplice de um fracasso que teve inicio no seu intimo e que, pelo seu aceite, atingiu, sobremaneira, o próprio mundo exterior que lhe envolve.

Pare enquanto a tempo para refletir. Se suas forças se esvaírem a ponto de não sentir mais a “esperança”, tornando-se engodo a vida que possui, lembre-se: “Você é especial”, pois foi por você que Jesus Cristo aceitou morrer lá na cruz do calvário. A morte de Cristo trouxe-lhe a esperança e a luta que hoje enfrenta já foi vencida lá atrás, quando da crucificação do rei.

Ninguém pode se considerar forte o suficiente se não tiver em seu coração “Jesus”. Esse nome traz inspiração e mansidão.

Na palavra de Deus, em Lucas 4, Pedro era pescador e estava com seu barco encostado a beira do mar. Naquele dia estava triste, pois havia passado uma noite inteira de trabalho sem ao menos ter pescado qualquer peixe. Enfraquecido pelo luta, desanimado, Pedro estava recolhendo a rede das aguas, limpando-a, quando Jesus lhe apareceu e ordenou que novamente lançasse a rede ao mar. Pedro foi obediente e assim o fez e diz a palavra do Senhor que tantos eram os peixes que Pedro viu-se obrigado a pedir ajuda aos barcos próximos para retirá-los da rede.

Essa parábola profética nos ensina que devemos a todo tempo confiar em Deus. Não é pela força humana, mas espiritual que nossas vidas serão abençoadas de forma tão abundante que teremos a condição, inclusive, de ajudar aqueles que estão ao nosso redor.

Meu amado, minha amada, eu não sei por quais problemas você tem passado, mas saiba que existe um Deus pronto para estar contigo. Não perca a esperança e, assim como Pedro, lance a sua rede ao mar, mesmo que para teus olhos pareça impossível. Confie, espere, busque a Deus, seja obediente a Palavra do Senhor e vislumbre os milagres em sua vida.

Deus é contigo. Tenha um lindo dia!


Fique por dentro de tudo que acontece no Passiani na Rede. Inscreva-se e receba nossos periódicos.

Por favor, insira um email válido

  • Facebook Social Icon
Curta meu Podcast. Acesse e receba os áudios
podcasts.jpeg